Rádiofobia Podcasts
HostagorBlubrry

RADIOFOBIA 64 – Maledeto trânsito lazarento!!

Neste pograma, Leo Lopes e o recém chegado da Zoropa Laurito recebem os amigos podosféricos Ernesto Belote, Fat Frog (PóDeCash) e Kodoji (Cidade Gamer) para juntos reclamarem sobre um dos piores aspectos da vida moderna: o filhadaputa do maledeto trânsito lazarento!!

Descubra quem deu origem à fama da Rua Augusta, saiba como sair cagado de um Gol bolinha em Belém do Pará, aprenda sobre a importância de ter bancos de couro, ouVa experiências do mais puro cagaço no trânsito e aprenda dicas sobre as melhores coisas para fazer no tempo que você passa se deslocando pela cidade!

Destaque para o impagável retorno no Papo de Mestre, com mais uma lorot…, digo, história totalmente venérea do nosso decano!

Melódias que nossos convidados ouvem quando estão putos no trânsito:
System of a Down – B.Y.O.B.
System of a Down – Toxicity
Ultraje a Rigor – Inútil
– Sepultura – Roots bloody roots

Links citados ao longo do pograma:
Papo de Górdon #69
Vídeo do Pateta no trânsito – Sr. Andante e Sr. Volante
Cidade Gamer
Pó de Cash
Belote – Engenharia Pro Skate

Indicação do Podcasteiro:
Baú Pirata (PirataCast, Diário de Bordo e Papo Pirata)
-TuVítter: @PirataCast

– Twitter do Podcasteiro: @opodcasteiro
– Comentários e indicações podcastais para podcasteiro@radiofobia.com.br

iTunes:
Se você tem o iTunes instalado no seu computador e quer assinar o nosso feed, clique aqui!

E-mails:
Sugestões idiotas, idéias malucas, elogios ou simples abrax e recadalhos podem ser enviados para podcast@radiofobia.com.br!

Colaborações:
Se você canta, imita, desenha, compunheta ou imita a Gretchen, tome coragem e mande sua colaboração para colaborador@radiofobia.com.br!

Pedidos de Melódias:
Mande sua recomendação musical para nossa Cortina de Melódias escrevendo para melodias@radiofobia.com.br!

Pra saber como ser parceiro do RADIOFOBIA escreva para contato@radiofobia.com.br e veja como é fácil ter a sua marca aliada a um pograma da mais alta gabardância!

Clique aqui para fazer o download da versão ZIP

  • Lééééo!

    Arruma o feed do iTunes!

    Querou ouvir logo o caaaaaaast!

  • Baixando!

    Radiofobia é sempre ótimo! Para aguentar o trânsito, na ida e volta do trabalho, somente escutando o Radiofonia e me cangabalear de rir solito dentro do carro 😉

    Mais uma vez parabéns pelo belo trabalho que toda a equipe faz. Também sou amante do rádio, trabalho na área de tecnologia, porém creio que mais cedo ou mais tarde me "aventurarei-me-lhe" nas ondas dá rádio… ou nos bytes da "internê".

    Quem sabe faz ao vivo! Bixo!

    Abração a todos (Beijo para a Dany) e sucesso!

  • Putz! Agora um podcast perfeito para ir dirigindo ao trabalho! Particularmente eu que trabalho no centro de controle da rodovia sofro com o trânsito (de uma forma diferente) todos os dias! Valeu Leo e sua trupe!

  • Como sempre sensacional, comecei fazem poucos meses a escutar radiofóbia, e é simplesmente sensacional, sou fa de voces, estou fazendo maratona de radiofóbia! Bom, como enfrento 1:30 de conduçao na ida e o mesmo tanto na volta, um bom modo de passar o tempo é leitura. Eu vendi meu carro exatamente por nao ter paciencia com o transito, alem de que coom condução publica ser mais rápido pelas vias que eu pegaria estarem ja abarrotadas.

  • Muito bom o tema!

    E não duvido que hoje em dia uma das maiores causas de stress é o transito.

    Agora é lamentável este povo que entra em um carro e acha fica mais poderoso.

    Abraço.

  • Grande Léo! Só vcs pra tornarem tão prazeroso um assunto que é tão maledeto. E concordo com o Ernesto Belote, só mesmo podcast para fazer a gente relaxar nesse trânsito caótico. Perco mais de 2 horas por dia dentro do carro e agradeço o Radiofobia pela companhia nestas horas tão exaustivas.

    Mas trânsito é realmente uma merda! Já tive muitos problemas, como brigas, etc. O mais recente foi no dia do meu casamento, há 1 ano atrás. Eu estava atrasado para a cerimônia e estava transportando minha mãe e meu pai. Estava parado no semáforo e iria virar à direita. Quando o semáforo abriu para mim, um Fiat Uno veio no semáfoto fechado e quase me bateu. Eu pisquei o farol alto, para que ele prestasse atenção. O cara não gostou, reduziu a velocidade e não me deixava passar. Fiquei furioso, ainda mais que estava atrasado, entrei na contramão e ultrapassei-o. O problema é que eu passei muito rente e meu retrovisor bateu no dele. O cara enlouqueceu e veio atrás de mim. No primeiro semáforo fechado, o cara me passou, me fechou e desceu do carro. O cara era enorme! A única coisa que meu pai disse foi: "Olha o tamanho do negão! Vc tá ferrado!". O cara mandou eu descer. Desci e ele começou a me xingar. Eu pedi desculpas e disse que estava atrasado para o meu casamento. Ele olhou minhas roupas, deu uma relaxada e disse: "toma cuidado e não dá mais uma dessas". Voltou para o carro e, para piorar, o carro dele não queria pegar. Foi um problemão tirar o carro dele da frente do meu, pois estava chovendo. Resultado: cheguei 30 minutos atrasado no meu casamento, a roupa úmida e as mãos sujas. Ainda bem que no final tudo deu certo, consegui casar e estou aqui pra contar a história.

    É isso aí!

    Grande abraço ao Léo e toda a equipe!

  • Muito bom o cast… eu, que moro na Zona Lost, prefiro o conforto do transporte público do que o stress da Radial. O que mais enche ali são as S.U.V., que passam por cima de tudo e de todos. É um inferno!

    Os motoristas estão cada dia mais parecidos com o Pateta, exemplo disso foi aquele acidente entre o Porsche e a Tucson no Itaim. Muito froids.

    Uma abraço especial ao Laurito. Voltou da Europa mais mestre do que nunca! Se as motoristas do cara são do naipe que ele falou, não quero nem saber o nível das aerogostosas que acompanharam ele no vôo.

    Parabéns a todos.

  • Finalmente terminei de ouvir o programa. E esse é um tema muito interessante na minha opinião de merda.

    Cheguei à conclusão que o mundo seria melhor se todos fossemos trabalhar de ônibus fretado. Durante muito tempo tive que pegar ônibus, metrô e trem para chegar no meu atual trabalho (estou aceitando indicações). Então esse ano quando deixei de ser estagiário e passei a trabalhar 8 horas, vi que seria impossível permanecer nesse trajeto indo deitar meia-noite e meia e acordando 4h30m. Mesmo hoje indo de fretado, estou sempre com sono.

    Há pessoas que reclamam dos fretados, como algumas colegas de trabalho que vêm de carro e minha namorada que reclama dos fretados andarem no corredor de ônibus. A justificativa é que o fretado atrapalha o trânsito. Já eu vejo uma grande vantagem: se houvessem somente ônibus e fretados nas ruas, não haveria trânsito. Claro, desde que não circulassem nem carros e nem motos. Sem falar que chego arrumado no trabalho. Para voltar, vou de ônibus e metrô mesmo.

    Defendo que se as pessoas usassem carros somente para sair no fim de semana, não haveria trânsito (para ir trabalhar). Bem como se todos utilizassem ônibus, seja fretado ou não, os ônibus proporcionariam conforto, uma vez que mais linhas e mais "carros" seriam disponibilizados.

    Quanto ao Metrô aqui em São Paulo, enquanto não fizerem da cidade um mega jogo da velha de linhas de metrô não vai dar certo. Mesmo a linha amarela recém inaugurada, ficou vazia só umas duas semanas, depois ficou tão saturada quanto às outras.

    Também passei a ouvir podcasts nos ônibus, já no metr6o nem sempre dá por causa do barulho, sobretudo a linha verde. (Só para esclarecer, para ir para casa tenho duas opções: trem + linha amarela + linha verde + linha azul + linha vermelha + ônibus ou trem + trem + linha vermelha + ônibus). Pelo menos vou para a faculdade praticamente todo dia e só tenho que pegar um ônibus de 1 hora.

    Em resumo é bom variar nos programas e se auto-agendar para ouví-los. Para distâncias curtas ouça um MRG, para distâncias médias pegue o Radiofobia e para distâncias longas vá de Piratacast com Papo Pirata e Diário de Bordo rsrsrs.

    Somente para concluir a idéia, o problema do trânsito é que há muitas pessoas andando de carro sozinhas. Ok, pegar ônibus/metrô é horrível, sim, mas aí eu sugiro o fretado, você não paga muito a mais. Se todo mundo andasse com pelo menos 3 pessoas nos carros, haveriam menos carros nas ruas e menos trânsito.

    Já motos deveriam ser proibidas. Se você deixa um carro parado, ele continua parado. Se você deixa uma moto parada: ela cai. Se for para ter moto tem que ter uma Harley e andar na faixa como todo mundo.

    Há algum tempo atrás na tese de mestrado do meu pai, por acaso a respeito do Transporte de Massa e sobre corredores segregados, um ponto abordado também foi o fenômeno que ocorre em que todo mundo entra às 8h e sai às 17h (na média). Se houvessem horários mais flexíveis ou horários para cada profissão, talvez o trânsito ficasse mais distribuído, bem como todo volume do horário de pico seria distribuído para o horário entre-picos, logo na média tudo ficaria mais vazio.

    Parabéns pelo programa que foi excelente como sempre!

    Abraçolhes!

  • Aprendi a frase assim:

    "Tudo na vida é passageiro, menos motorista e cobrador"

  • Olá olá galera Radiofóbica!

    Tenho um amigo que foi pra Salvador e ele contou que lá os bahianos tem um sinal de por o braço pra fora, isso significa "EU VOU FAZER QUALQUER MERDA AGORA! Esteja preparado.".

    Eu também tenho uma frase padrão para o trânsito: Eu não acho ruim o trânsito, fico nele de boa, meu problema são as pessoas no trânsito, juntou mais de 8 carros na mesma quadra sempre terá um que fará uma cagada.

    Eu já tive uma péssima experiência no trânsito também, certa vez um feladumamãe parou o carro em frente da minha garagem, fui no posto de saúde na frente de casa ver se encontrava o motorista, eu estava bravo já que o folgado estava me atrasando pro trabalho. Gritei em tom bravo "Quem foi que parou o gol preto na frente da garagem!? Vai tirar ou posso chamar o guincho?"

    Foi quando me saiu um cara com olhão vermelho estalado, tirou o carro dele, quando saí de casa ele emparelhou com meu carro e me mandou descer para acertar a minha falta de respeito com ele… Vê se pode…

    Abriu o sinal e saí rapidamente embora, ele me perseguiu por uma avenida por umas quinze quadras, então chamei a polícia, passei a placa dele, quando ele emparelhou de novo e comecei a descrever o indivíduo, daí ele virou a quadra e saiu embora.

    Mais uma vez excelente programa meu querido Leo, grande abraço!

  • Oi Leo,

    Adorei esse cast, especialmente por causa da volta do Laurito, é sempre muito divertido.

    Quando eu acho um podcast maneiro, eu gosto de escutar todos, e eu já fiz a minha maratona do Radiofobia e agora fico na expectativa do próximo episódio.

    Abraços!

  • Só eu notei que a música que o Fat Frog mandou não é "B.Y.O.B."? É "Sad Statue".

    • Leo Lopes

      Eu não ouço e não conheço. Peguei no 4shared e acabou que tava errado. #FAIL

  • Não, eu notei também e vim comentar isso. Sem contar que o Sr. Leo falou B.Y.O.D !

    haha

    Mas o púdcásti tá muito bom, muito bom.

    Parabéns!

    • Leo Lopes

      Confiei no FatFrog, que pediu no Skype como B.Y.O.D. . Só fui ver que era B.Y.O.B. quando baixei, e ainda assim, a música errada. Rá!

  • HaHa

    Tá ótemo, Sad Statue é bem massa também.

    Aproveitando o comentário pra dizer que sou novato aqui no Radiofobia mas já to virando fã!

    Parabéns novamente pelo podcast.

    [/puxasaco]

  • Querido Léo Lopes… Poderia escrever por horas aqui, mas vou dar um copy/paste de um Post meu em 2009 que representa um pouco do Transito.

    http://capacitandoofluxo.wordpress.com/2009/02/03

    Uma coisa que eu acho que foi o boom da humanidade depois da internet, foi o telefone celular. Como a gente conseguia viver sem ele alguém me explica?

    Hoje temos N modelos de N empresas e muitas vezes com N números. (já que a portabilidade não ta 100% no país)

    Mais vamos lá, se você tem um telefone celular, na maioria das vezes ele vem com um fone de ouvido certo? O meu, por exemplo, veio com o fone junto, mais alguns modelos também vem com fone e o povo não usa mais por que?

    Para torrar a paciência com os alto falantes.

    Pelo menos aqui no RJ é assim, para cada três telefones ligados em algum transporte de massa, dois estão com os alto falantes ligados sempre com algum funk (na maioria das vezes é uma montagem com o plantão da globo) ou algum pagode mela cueca de alguma banda mequetrefe (existe ainda essa palavra?), em uma altura insuportável e com o “não to nem aí” ligado para os passageiros logicamente.

    Agora há que leva uma pessoa dessa a fazer isso?

    Analfabeto?

    Provavelmente seria aquele tipo letrado sabe? Só consegue ler as palavras mais não interpreta-las.

    Surdo?

    Talvez, já que para colocar uma musica em um volume tão alto, só pode…

    Mal educado?

    Ainda preciso responder?

    Se eu fosse parar para colocar mais adjetivos iria perder uns dois meses escrevendo esse post, então, se você é leitor desse humilde blog e faz essa idiotice, por favor, pare, não só você será bem visto como também deixará mais pessoas calmas.

    Valeu cara, obrigado pelo momento retardado no metrô.

  • Eu Também notei Tourinho.

  • Gostei do podcast, a volta do Laurito com o Papo de Mestre foi sensacional, ele é o unico que consegue se dar bem no transito.

    Eu também tinha medo de ser atropelado e minha mãe botar a culpa em mim, mesmo se eu tivesse atravessado na faixa, outro medo e você está atravessando a rua, um carro passar e você xingar o cara, aí sair do carro e apontar uma arma para mim.

    Só uma dica para o programa 69, tem que chamar o Laurito, Daniela Monteiro, Belote e a Eubalena (Deusa do Sexo).

  • Nem tenho muito o que falar sobre o assunto. Minha cidade é tão pequena ( apenas 60 mil habitantes ) que o maior engarrafamento que eu já vi por aqui foi uma fila de 20 carros por que um cara estancou no semáforo e não conseguia sair.

    Mesmo não tendo congestionamentos aqui, ainda existem muitos motoristas imprudentes. Aqui é assim, você tem que dirigir por você e pelos outros.

    Parabéns Por mais um Cast de primeira Léo!!

  • excelente!

    já passei alguns perrengues no transito, porém, o pior foi uma vez q eu estava dirigindo numa estrada de mão dupla e do lado da praia, com asfalto ruim e cheio de areia, e na minha frente tinham algumas motos e uma delas foi reduzindo e parou no canto da estrada (não tinha acostamento), e qdo testei os freios falharam… pisei de novo e falhou… então q fui iluminado e vi q depois do carro q passava por mim não vinha ninguém na mão contrária, e tirei o carro passando bem perto da moto…

    Porém, por causa da areia o carro derrapou e fiquei "zigue-zagueando" na estrada por alguns metros (inclusive o cara q tava no passageiro quis puxar o freio de mão "pra freiar o carro", segurei a mão dele e o freio abaixado tão forte q ele ficou com os dedos roxos)

    Só consegui parar qdo vi q tinha uma abertura para entrar em outra estrada na direita e consegui conduzir a derrapagem pra lá endireitando o carro com a linha de direção.

    um abraço!

  • Orra nego, Laurito the master. Mais um pograma foda bagarai. Ri pra caramba com o Laurito contano seu cagaço. No mais Leo mais parabéns pelos programas mitológicos, estou em um momento complicado e durante o seu podcast me ajuda a esquecer dos problemas, tenho experiências fódas no trânsito só que contar aqui não dá. No mais é isso Leo, no prox programa farei o possível para deixar mais um comentário. Abraços por trás.

  • Eee Leo, mais uma vez improvisou no tema e mandou muito bem. Ouvi a edição duas vezes – uma ao vivo e outra no iPod.

    O lado do bom do trânsito, pelo menos pra mim, é justamente colocar em dia todos os podcasts que eu ouço. Assino o feed de uns oito podcasts e o único tempo que tenho pra ouvir com atenção é indo ao trabalho ou voltando pra casa, no ônibus.

    Antes ouvia rádio nesse trajeto, mas programas com conteúdo interessante estão cada vez mais escassos no dial.

    Abraço-lhes!

  • Caros.. Mais outro cast Foda.. Ainda mais foda com o Mestre Laurito….

    Quero aqui adiantar meus agradecimentos aos órgãos competentes que fazem a manutenção das ruas, o controle de trafego, aos grandes lideres que gastam neurônios para organizar o transito e aos diversos motoristas que são bons no Volante.

    Sem vocês. Não teria trabalho, meu patrão não ganharia dinheiro, meus colegas de trabalho não poderiam comprar o leite das crianças e o churrasco do final de semana. Só para constar. Trabalho no setor financeiro de uma Auto Mecânica que "recupera" Carros amassados "Fudidos".

    Uma obs… No dia do cast. Entregamos de manhã um carro e no final do dia veio o mesmo carro Batido e o pior, o mesmo amassado…

    Um Abraço e sucesso…

  • LuizC – 34 – Londrin

    Grande Leo,

    trânsito é algo que realmente tira muita gente do sério. Eu me disciplino e tento, me esforço, me esforço muito para não ficar nervoso e fazer alguma besteira. É uma luta diária.

    Mas tem uma infração que eu não consigo acreditar que muitos fazem: FILA DUPLA NA FRENTE DE ESCOLAS/COLÉGIOS.

    O pai ou responsável leva o filhote para receber uma educação e todo dia ele ensina que parar na frente da escola em fila dupla não tem problema algum, perpetuando essa infração, esse desrespeito ao longo do tempo.

    Inclusive tive a oportunidade de escrever sobre em um post lá no monalisa de pijamas:

    http://www.monalisadepijamas.com.br/mona-em-famil

    É isso aí!

    Um abraço e por favor, não pare em fila dupla.

    🙂

    LuizC

  • Sim, é Sad Statue. Leo, da próxima vez que tiver System of a Down no setlist, fala comigo que tenho tudo xD hueahuehueauhae eu to ouvindo o cast agora e vim falar isso xD acabou de acabar Toxicity. E sinceramente? Sad Statue é melhor que BYOB (lê-se báiôubi) =D

  • Muito Bom o PodCast Léo,Botei para o meu pai ouvir pois ele é um estressado com O transito Paulista.

    Vcs são Fodas!

  • Muito bom o cast, aqui no Japão um noticiário passou as imagens do cara que atropelou os ciclistas, ai eu nao sei quem esta errado pois eu não acompanhei essa noticia. Aqui um tempo atraz os ciclistas, estudantes e outro abusavam muito, desfespeitando as faixas e sinalizações. Antes em um caso de acidente envolvendo um ciclista e um carro o ciclista sempre tinha a razão, hoje já e diferente analisam o caso de igual para igual. bom aqui o trânsito também não e tão diferente que no brasil, mas o pessoal aqui não e tão agressivo. Aqui tem uns Zé ruela que param em ruas estreitas e movimentadas so para atender o telefone sendo que a cada esquina tem uma loja de conveniencia ou perto dessas máquinas de venda bebidas que tem um bom espaço para parar o carro sem atrapalhar o trânsito.

    E isso aí obrigado pelo cast e beijo no coração.

  • José Eduardo

    Cara… ouvi esse cast num trânsito absurdo. As músicas caíram como uma luva para aguentar o engarrafamento.

    Eu sempre critico o trânsito. Acho inclusive que já estava na hora de comçar um rodizio de carros aqui no RJ (vocês de SP podiam dizer se essa coisa realmente funciona). É impressionante o número de carros com apenas 1 pessoa dentro (no máximo 2). Se todos colocassem ao menos umas 3 pessoas a mais no seu carro, por mais que seja uma carona curta, já facilitaria pra muita gente. Num onibus, cabem aproximadamente 70 pessoas. No mesmo espaço dele, cabem 2 carros, e na maioria das vezes, só tem o motorista. São 2 pessoas ocupando o mesmo espaço que 70 ocupariam… fico revoltado.

    Outro dia, vi uma entrevista, em que o reporter perguntava por que a mulher havia trocado o carro de passeio dela por uma SUV. Ela simplesmente respondeu "pra levar menos fechadas no trânsito". Estou cansado de ver gente na rua andando de Blazer ou caminhonetes com cabine estendida, sem transportar nada além do motorista.

    Acho que a principal culpada disso tudo é nossa cultura americanizada. O sonho de todo garotão quando faz 18 anos é tirar a carteira de motorista e ganhar um carro do papai. É cada vez mais gente no já caótico trânsito. E as ruas, avenidas e vias expressas, permanecem as mesmas.

    Continuem o bom trabalho e abraços!

  • Ricardo Mitsuo

    Discordo de você Léo. Aqui No Japão os japas são meios sonsos, mas o transito funciona bem. Toda vez que volto para o Brasil, estranho muito, o tanto que o povo é mal educado e não respeitam as regras. E é contagioso, se eu ando dois meses fico igualzinho, com a mão na buzina sempre rsss.

    Abração cara

  • Leo.

    Ouvi três vezes o programa, é claro que durante as minhas viagens de ida, volta para o trabalho, casa e faculdade. Só assim a gente consegue não se estressar com o engarrafamento.

    Ri pra caraca com os "causos" contados por você, O Laurito(é sempre bom estar de volta ao Radiofobia), o Fat Frog e o Kodoji.

    É exatamente como o Belote disse, o trânsito daqui de Salvador é super complicado, tem uma legião de FDP's por aqui que não dá passagem, avança o sinal fechado, trava o trânsito, etc.

    Ja o Metrô de Salvador é uma vergonha para nós Soteropolitanos, tem vários videos no "tutube" inclusive um do Proteste ja, quadro do CQC divido em duas partes que fala a respeito deste problema, vou mandar o link pra você.

    Até dando alguma coisa errado você acerta, Leo. Parabéns mais uma vez, cara.

    Aquele abraço de sempre nos Pâncrea!

  • Leo o cast falou muito sobre o trânsito mas merecia falar um pouco sobre a falta de educação no trânsito. Boa parte do trânsito ruim das cidades se dá por esse fato. As famosas filas duplas e triplas para acessar alguma saída ou agulha deixam o trânsito completamente parado por uma longa extensão. Agora me digam uma coisa… Pq a buzina sempre toca no mesmo milésimo de segundo que o sinal abre ou quando o trânsito tá completamente parado??? rsrs. Até o próximo cast!

  • apocalipse ZUMBI com paraense é um agravante mesmo =D

    grande abraço Léo

  • Tive que rir com o 'musa' ^_^ me chama pro pograma 69!! sensacional! Ademais, to indo pra Sumpaulo e quero te conhecer! bjo!

  • E aí, pessoal!? Programa sensacional!! Vou te dizer que, pelo menos no meu momento atual, não posso reclamar muito do trânsito, visto que meu percurso dura 15 minutos na ida e mais 15 na volta. Mas ocasionalmente sou "enquadrado" em algum congestionamento nessa cidade maravilhosa que o Leo conhece bem, hehe!

    Aliás, teve um dia que fiquei tão irritado com o comportamento totalmente inoportuno dos motoristas que descarreguei todas as minhas frustrações no Twitter com a hashtag #TransitoMenosImbecil, uma campanha análoga ao Trânsito Mais Gentil daquela seguradora, mas com pequenas dicas aos motoristas "bem educados" que infestam nossas ruas. Aproveito para convidar a pessoal a se extravar nessa ferramenta também – e não no trânsito, aonde você pode correr riscos, ou talvez ter seu espelho retrovisor arrancado! =D

    Grande abraço, galera!!

  • Salve, radiofóbicos.

    Aprendi cedo a ter mais serenidade no trânsito. Tinha 19 anos, estava com minha mãe no carro e, não sei porque cargas d'água um sujeito achou que cruzei a frente dele, fechando (ou aconteceu mesmo, sei lá) e lascou uma buzinada. Não tive dúvidas, mandei aquela dedada do meio clássica e continuei.

    Até hoje fico pasmo com o que o sujeito fez: o camarada parou o carro, engatou a ré e me perseguiu por 2 quarteirões até me fechar. Isso mesmo, eu disse "engatou a ré"!

    Não sei se o cara era piloto de testes, dublê ou a porcaria de um maluco, mas o cagaço foi fodabagarai.

    Conclusão: tomei um baita esporro, pedi um milhão de desculpas, tomei uma cagada da minha mãe e tamos aí… hoje sou um motorista calmo e educado.

    O trânsito pacato de cidade do interior também ajuda, apesar de ter muito idiota nas ruas, não temos muitos problemas com engarrafamento.

    Abração.

  • Olá Léo. Primeira vez q eu dou uma palavrinha por aqui, mas sou mega-fã do trabalho de vcs!

    Eu sei que o tópico é trânsito na cidade, mas não pude deixar de trazer à tona os motoristas de caminhão nas rodovias! Eles se enquadram no topo da "cadeia" com o maior veículo possível e fazem uso dele como arma realmente.

    Há um ano e meio atrás um caminhoneiro bateu no carro do meu pai pela esquerda durante a ultrapassagem destruindo a porta e seguiu em frente, tentando fugir.

    Felizmente conseguimos a placa e meu pai entrou com um processo no desgraçado. Sabe qual foi a ação do motorista: Processar o meu pai por estar prejudicando-o na profissão com a situação do acidente!

    Esses caras estão demais

  • DoutorBacteria

    Fala Leo,

    Queria agradecer pelo grande (de)serviço prestado pelo Radiofobia que já me livrou de horas de trânsito entediante. Um forte abraço e continue assim que você vai longe….ou não…..rs

  • DoutorBacteria, 500

    Fala Leo,

    Queria agradecer pelo grande (de)serviço prestado pelo Radiofobia que já me livrou de horas de trânsito entediante. Um forte abraço e continue assim que você vai longe….ou não…..rs

  • Muito bom o podcast. Engraçado que eu sempre gosto mais dos temas que são escolhidos de última hora do que os que estavam planejados.

  • .

    .

    .

    Fala aí cabaçada… "Pograma de alto gabardã", como sempre!

    .

    Só pra provar que de vez em quando eu acabo ouvindo podcasts que eu assino resolvi comentar aqui, sr. das tetinhas gordas!

    .

    Ouvi os 2 últimos radiofobias na sequencia… Como eu sempre falo, o meu problema é um caso de "retardamento mental". A única forma de ouvir podcast prestando atenção, é no transito e é exatamente por isso que acumulam tantos pods, pois trabalho há 5 minutos de casa… Se eu tentar ouvir durante o trabalho ou fazendo qualquer outra coisa, não consigo absrover nada do que foi comentado no podcast… Cérebro mononúclo é foda…

    .

    .

    .

  • Ola Leo e pessoal do radiofobia-lhes totalmente exelete este pograma, devo acrecentar que ri enquanto eu chefe tentava me passar uma tarefa, vcês só não comentaram da vida de quem pedala por ae, meu deus os carros não respeitam e o pedestres também não, acho que quem esta a pé desfilando na ciclovia esquece que existe calçada, ja derrubei muito velinho e muita mina folgada, quem esta no carro acha mesmo que o mundo é dele, como se o carro fosse um arma mortal, acredito que esta questão de não ver o rosto das pessoas seja real.

    Por fim, no fim do pograma quando o Leo pois para tocar beija-me beija-me puxo, eu visualizei ele abrindo o navegador, pesquisando a musica no googles, baixando enquanto com a ajuda do Laurito enrrolava o povo, depois foi so tocar, parabens Leo você e simplesmente as popria tenica, abraços e Bjundas

  • E aí pessoal do Radiofobia, beleza??

    Acho que o transito maluco que vemos por ai é consequencia da cultura do povo brasileiro, o famoso "jeitinho". As pessoas querem sempre tirar uma vantagem da situação e acabam não respeitando as regras de transito, muito menos os outros motoristas. E acredito que isso não vá mudar tão cedo.

    Como moro numa cidade não muito grande, não temos problemas de congestionamento, mas nos horários de pico o transito fica bem caótico.

    Tambem tenho uma história maluca de transito. Mal tinha 2 meses de carteira de motorista e um motoqueiro atravessa a minha preferencial. O cara nem diminuiu a velocidade. O resultado não podia ser outro: bati no cara! Ele e o garupa se machucaram um bocado, mas acho bem feito. Acho que esse nunca mais atravessa um pare sem olhar pros lados.

    Um abraço-lhes pra todos voces!!

  • Fala galera radiofóbica!

    Por isso que não tenho vontade de ter meu

    carro nem tão cedo! (desculpa de pobre hehehe)

    Mas só pelo stress prefiro evitar ter um veiculo

    enquanto não é extremamente necessário.

    Uma penas que a solução tarde tanto para chegar mas estamos vivendo num pais com total caos no trânsito!

    Escutando system no Radiofobia e entendo a revolta do léo! E fica meu agradecimento por ajudar o pessoal do JN

    no cast. Qualidade over!

    Abraçoiles Leo!

  • A pior parte de pegar trânsito é quado você gasta de 25/30 min. pra chegar no terminal rodoviário do seu bairro(e perder mais uma hora pra chegar na rodoviaria da cidade), quando em 15 min de caminhada você chega ao mesmo lugar, e também perder 40 min. no ponto de ônibus da faculdade com o ônibus parado pq não consegue sair de tanto carro, em um lugar em que o correto não era ter carros! Como diria o Alborgheti "EU FICO DESGRAÇADO NA MINHA CABEÇA!!!" quando isso acontece.

    Quero ver quando chegar a Copa em 2014 e as Olimpiadas em 2016 a vergonha que vai ser com os turistas…

  • O Laurito deveria participar mais, ele quase nunca fala, mas quando abre a boca, só sai merda.

  • Fernando Pelicci, 23

    Olá, tudo bem? Sou o Fernando e represento a campanha Trânsito+gentil, da Porto Seguro. Poderia nos ajudar? Segue texto abaixo:

    A Campanha Transito+gentil vai realizar diversas ações para o "Mês do Trânsito" e uma delas é a produção e divulgação de uma série de vídeos abordando

    a Gentileza no Trânsito.

    O primeiro deles, "Você sabia que a gentileza pode mudar o trânsito?", ( link http://gentil.vc/41) já está no ar!

    Gostaríamos de fazer um convite para que você também compartilhe o vídeo em suas redes sociais, canais de comunicação e blogs, nos ajudando a ampliar e

    incentivar a Gentileza no trânsito.

    Aproveite para conhecer um pouco mais a campanha Trânsito+gentil.

    Veja abaixo nossos canais e participe. Afinal um Trânsito+gentil começa com cada um de nós.

    Blog: http://www.transitomaisgentil.com.br
    Twitter: http://www.twitter.com/transitogentil
    Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=938376
    Facebook: http://www.facebook.com.br/transitomaisgentil
    Youtube: http://www.youtube.com/transitomaisgentil

  • Será que eu sou a única a paquerar e ser paquerada no trânsito? Além disso, gosto de ouvir rádio, "podcastos", e fazer "dancinhas", enquanto o trânsito está parado, um estacionamento a céu aberto…

    (Patricia, 31. São Paulo, SP)

  • Salve, Leo.

    Comecei a ouvir este episódio ontem, logo depois de chegar do show do System of a Down em SP. E qual foi a minha surpresa: 2 músicas da banda logo de cara! O episódio foi excelente, o retorno do mestre Laurito estava impagável.

    Está difícil, mas coocarei o Radiofobia em dia.

    Abraço-lhes!

  • Pingback: Bate papo e Feedback dos podcasts do mês! | Bau Pirata / Piratacast()

  • Pingback: Podcast - Papo sobre Multiplayer | Cidade Gamer - Sua Morada Pixelada()

  • Pingback: Podcast Post 019: Os melhores podcasts com Fabio FatFrog | Nerdópole()



Nossos parceiros

Jovem NerdRede GeekCidade GamerPelada na NetDanycastPapo de GordoCinecastJurassicastPauta Livre NewsTelhacastTecnocastCafé BrasilNa CalçadaAspiraCastNossocastAnimaTunesPortal do JapaMaestro BillyTeatro de BonecosA Vida com Logan

Siga nossa equipe no Twitter

RádiofobiaCurso de PodcastAlotenicaLeo LopesQuessaMarcos LauroLauritoDaniela MonteiroVicacquaJohn Vee JonesBruno CostaRafa PizzaIra CroftTensoVelho e Chato

Curta nossa página no Facebook