No episódio 007 do Podcast Texto Sentido um texto espetacular do amigo e conterrâneo Paulo Sampaio que cita um banco na praça em frente à fonte luminosa de Poços de Caldas.

Venha ouvir e sentir “Os olhos não enrugam”.

Se você tem algo escrito de sua autoria ou de alguém que concorde que seja publicado aqui, envie para o e-mail: podcasttextosentido@gmail.com.

 

Os olhos não enrugam

No dia que meu corpo tiver passado todos os dias de minha vida e de mim restar apenas os dias, estarei sentado lhe esperando, naquele banco do jardim dentre a flores perfumadas, bem em frente à fonte luminosa, numa noite de lua cheia!

E pedirei então que toquem “Sonata ao Luar “ de Beethoven! Escolherei a melhor roupa e o melhor perfume e lá estarei ansioso para lhe ver!

Verás em mim um corpo com rugas que o tempo traçou e os cabelos brancos que perderam a cor, mas os olhos não enrugam!

E quando pousares teu corpo frágil junto ao meu, verás que o tempo não tirou-me o calor que de mim emana. Então sentirás as batidas de meu coração; e quando olhares dentro de meus olhos, verás tua imagem juvenil colada nas minhas pupilas, bem no centro de minha íris. E então te darei o beijo que não morreu; ficou guardado nos lábios meus, desde o primeiro dia que te vi!

Paulo Sampaio

Nossos parceiros

Mundo Podcast Jovem Nerd Rede Geek Pelada na Net Café Brasil Papo de Gordo Decrépitos Troca o Disco Pod Tudo no Cast Eu Tava Lá Confins do Universo 1986 Podcast Por Onde Vamos Marsupial Editora Rebobinando

Equipe Rádiofobia

Rádiofobia Rádiofobia Rádiofobia Alotenica Curso de Podcast Leo Lopes Velho e Chato Marcos Lauro John Vee Jones Bruno Costa Rafa Pizza Ira Croft Tenso Jef Barbosa Pedro Pallotta

Curta nossa página