Em tempos de saber o que fazer com o tempo, que atualmente temos até de sobra, tive a grata surpresa de receber o escrito de Hudson Figueiredo que nos traz uma reflexão sobre este passar de minutos, horas, dias, semanas, meses e anos.

Convidamos você, portanto, a ouvir e sentir “Tenho em mim um tempo”.

Se você tem algo escrito de sua autoria ou de alguém que concorde que seja publicado aqui, envie para o e-mail: podcasttextosentido@gmail.com.

 

Tenho em mim um tempo

Tenho em mim um calendário
Que não marca os anos em meses
Mas em céus de brigadeiro e frio na alma
Em folhas secas e frio no corpo
Em flores nos campos e brilho nos olhos
Em calor de tempestades e alma lavada.
Tenho em mim um calendário
Que não marca os meses em semanas
Senão em encontros, alegrias, tristezas e saudades.
Tenho em mim um relógio
Que não marca as horas em minutos
Mas em momentos vividos.
Tenho em mim um relógio
Que não marca os minutos em segundos
Mas em batidas do meu coração.
Tenho em mim um tempo
Diferente do tempo convencionado
Que não tem regras
Que não tem medidas.

Hudson Figueiredo

Nossos parceiros

Mundo Podcast Jovem Nerd Rede Geek Pelada na Net Café Brasil Papo de Gordo Decrépitos Troca o Disco Pod Tudo no Cast Eu Tava Lá Confins do Universo 1986 Podcast Por Onde Vamos Marsupial Editora Rebobinando

Equipe Rádiofobia

Rádiofobia Rádiofobia Rádiofobia Alotenica Curso de Podcast Rádiofobia Network Leo Lopes John Vee Jones Velho e Chato Jef Barbosa Pedro Pallotta Jéssica Guizão Tenso Ira Croft

Curta nossa página