Um texto lúdico é o que apresentamos neste episódio do nosso podcast: palavras sutis e de grande imaginação escritas a partir de um desenho do autor Rodrigo de Castro Scott.

É hora de deixarmos nossa imaginação tomar conta e nos deliciarmos com…

“Bolhas”.

Se você tem algo escrito de sua autoria ou de alguém que concorde que seja publicado aqui, envie para o e-mail: podcasttextosentido@gmail.com.

 

Bolhas

A luz que invadia o quarto naquela tarde outonal tinha uma essência, alguma coisa de tão elemental,

que todo o ambiente parecia ter sido agasalhado por uma colcha de vó.

Pairavam junto às partículas de poeira; aquelas vistas através dos raios de luz que trespassam as frestas das janelas

e vão aureoloar os criados mudos, pequenas bolhas, microscópicas bolhas, granuladas bolhas de felicidade.

Eram tão sutis e delicadas que se assentavam em todos os cantos do cômodo, envernizando a laca dos móveis.

Enevoavam os olhos, entravam pelas narinas, enchiam os pulmões e irrigavam todo o corpo pela corrente sanguínea.

Nesse momento o ar se perfumava e tudo fazia sentido. O tempo adormecia.

Eram imperceptíveis e atemporais. Não se sabe de onde vinham e nem para onde iam.

Mas de tempos em tempos sarapintavam a casa de número 22 da Vila das Preces.

Rodrigo de Castro Scott

Nossos parceiros

Mundo Podcast Jovem Nerd Rede Geek Pelada na Net Café Brasil Papo de Gordo Decrépitos Troca o Disco Pod Tudo no Cast Eu Tava Lá Confins do Universo 1986 Podcast Por Onde Vamos Marsupial Editora Rebobinando

Equipe Rádiofobia

Rádiofobia Rádiofobia Rádiofobia Alotenica Curso de Podcast Rádiofobia Network Leo Lopes John Vee Jones Velho e Chato Jef Barbosa Pedro Pallotta Jéssica Guizão Tenso Ira Croft

Curta nossa página